Menu

Dourados é a melhor cidade no interior do Centro-Oeste, diz revista.

08 de nov | 2016

 

 

Dourados é apontado num ranking elaborado pela consultoria Urban Systems como a melhor cidade do interior da região Centro Oeste para fazer negócio. O ranking está sendo divulgado pela Revista Exame, edição 1124, do dia 26 de outubro, cujo título da capa é "Mais Fortes que a Crise".

No estudo, elaborado com base em 28 indicadores, Dourados aparece na posição 63 no Brasil, no ranking das 100 melhores, com o índice 8,17. No Centro Oeste, estão a frente de Dourados apenas as capitais. No Mato Grosso do Sul está a frente de Dourados apenas a capital Campo Grande, na posição 28 e com índice 9,13. A outra cidade do Estado que aparece é Três lagoas, só que atrás de Dourados, na posição 78 e com índice 7,98. No Mato Grosso a única do interior que aparece é Rondonópolis, mas também atrás de Dourados, na posição 76 e com índice 8,02. Goiás também tem cidade do interior no ranking, Rio Verde, na posição 65, e Anápolis, na posição 98.

No ranking feito para a Revista Exame Dourados ainda aparece a frente de cinco capitais de Estado, que são João Pessoa, Rio Branco, Natal, Porto Velho e Manaus.O prefeito Murilo comemorou nesta manhã ao receber a revista. "É mais um índice que mostra que estamos no caminho certo, que mostra o dinamismo da nossa economia. Como administrador, tomamos todas as medidas para brindar Dourados da crise e criamos os mecanismos necessários para atrair investidores de fora e incentivar o investimento interno. E o resultado está ai, nossa cidade vai muito bem: cresce e se desenvolve", afirma o prefeito.

O novo ranking exclusivo das melhores cidades do Brasil para fazer negócio mostra o que faz a diferença para sofrer menos na recessão, que é a capacidade de atrair empresas. As melhores cidades para investir, segundo o estudo da consultoria Urban Systems, mostra como as cidades conseguiram melhorar o ambiente de negócios em meio à maior recessão do país em décadas.

Para elaborar o ranking das melhores cidades do Brasil para fazer negócio, foram analisados 28 indicadores. Cada indicador tem um peso conforme a importância e atualidade, totalizando 30 pontos. Além do ranking das cidades mais promissoras para fazer negócio, foram feitos quatro recortes da lista principal, as melhores em desenvolvimento econômico (Barueri-SP), desenvolvimento social (São Caetano do Sul-SP), Infraestrutura (São Paulo-SP) e capital humana (Florianópolis-SC)